Datas votivas de Julho
2/07. Divino Pai Eterno
Divino Pai Eterno
O Divino Pai Eterno, de acordo com a fé cristã Católica é uma concepção ao Deus Pai e sua devoção começou em 1840, quando o casal de lavradores Constantino Xavier Maria e Ana Rosa Xavier encontraram às margens o córrego do Barro Preto, um medalhão com a Representação da Santíssima Trindade coroando a Virgem Maria nos céus.
Santa Paulina
Desde muito cedo, atuante nos serviços religiosos da sua paróquia, emite os votos em 1895 e torna-se Irmã Paulina do Coração Agonizante de Jesus. A partir de 1918 passa a ter uma vida muito reservada, dedicando-se à oração e à vida contemplativa. Em 1938 já demonstrava sérios problemas de saúde causados pela diabetes. Passou os últimos meses de sua vida cega, vindo a falecer em 9 de julho de 1942. Em 18 de outubro de 1991 foi beatificada pelo Papa João Paulo II por ocasião da sua visita a Florianópolis. Foi por fim canonizada em 19 de maio de 2002 pelo mesmo Papa, recebendo oficialmente o nome de Santa Paulina do Coração Agonizante de Jesus. É considerada a primeira santa brasileira, mesmo não tendo nascida no Brasil.
São Bento
Foi um monge, fundador da Ordem dos Beneditinos, uma das maiores ordens monásticas do mundo. Foi o criador da Regra de São Bento, um dos mais importantes e utilizados regulamentos de vida monástica, inspiração de muitas outras comunidades religiosas. Era irmão gêmeo de Santa Escolástica. Foi designado patrono da Europa pelo Papa Paulo VI em 1964, sendo também patrono da Alemanha. É venerado não apenas por católicos, como também por ortodoxos.
Nossa Senhora do Trabalho
Relembra a devoção de todo trabalhador por Maria, por nossa senhora, aquela que sempre abençoa os trabalhos.
São Cristóvão
Considerado um mártir cristão, São Cristóvão foi morto durante o reinado de Décio, imperador romano do século III. Apesar de ser um dos santos mais populares do mundo, muito pouco se sabe ao certo sobre sua vida. Padroeiro dos peregrinos, motoristas e viajantes.